‘Amor de Mãe’: Lurdes consegue localizar mulher que roubou seu filho

0

Há mais de 20 anos, Lurdes (Regina Casé) trocou o Rio Grande do Norte pelo Rio de Janeiro com o objetivo de encontrar Domênico, filho que seu ex-marido vendeu para uma traficante carioca. O problema é que a única informação que ela recebeu sobre a mulher que comprou um de seus herdeiros é seu primeiro nome: Kátia (Vera Holtz). Para piorar, a falta de recursos financeiros dificultou ainda mais essa busca. Mas a sorte começou a sorrir para uma de nossas protagonistas!

Após encontrar R$ 5 mil no mar, Lurdes decide contratar um investigador para localizar o filho. A princípio, Ryan (Thiago Martins) e Camila (Jéssica Ellen) não curtem a ideia e argumentam que o dinheiro poderia ser usado para outras coisas:

“Eu também quero achar nosso irmão, mas são R$ 5 mil. E a casa inunda toda vez que chove, a geladeira está ruim. A senhora mesmo, há quanto tempo não vai num médico, num consultório bom? Podia ver seu joelho, que vive doendo”, diz Camila.

“Isso é verdade. É melhor usar esse dinheiro com médico pra senhora. Depois gasta tudo, não encontra nada e aí?”, concorda Ryan.

Lurdes fica triste e Magno, então, convence todos a ficarem ao lado da mãe, gerando emoção e um forte abraço entre eles.

“A mãe está certa. Eu também tenho uma filha. E se a Brenda estivesse sumida, eu ia fazer qualquer coisa para encontrá-la”, rebate o primogênito.

“É isso, meu filho. Pra mim não importa infiltração, não importa a geladeira, joelho, nada. Eu sei que R$ 5 mil é muito dinheiro, mas se tivesse 20, 30, um milhão, eu gastava tudo pra achar Domênico ou qualquer um de vocês, porque filho não tem preço”, afirma a matriarca.

Com o aval dos herdeiros, Lurdes dá metade do dinheiro que encontrou como pagamento para um investigador, que lamenta a escassez de informações: “De dado concreto tudo que a gente tem é a data da venda da criança: Dezenove de julho de 1993. Em Malaquitas, no Rio Grande do Norte”.

Antes de deixar o local, Lurdes combina como será feito o pagamento do valor restante: “No final, eu dou o resto”.

“É isso, meu filho. Pra mim não importa infiltração, não importa a geladeira, joelho, nada. Eu sei que R$ 5 mil é muito dinheiro, mas se tivesse 20, 30, um milhão, eu gastava tudo pra achar Domênico ou qualquer um de vocês, porque filho não tem preço”, afirma a matriarca.

Com o aval dos herdeiros, Lurdes dá metade do dinheiro que encontrou como pagamento para um investigador, que lamenta a escassez de informações: “De dado concreto tudo que a gente tem é a data da venda da criança: Dezenove de julho de 1993. Em Malaquitas, no Rio Grande do Norte”.

Antes de deixar o local, Lurdes combina como será feito o pagamento do valor restante: “No final, eu dou o resto”.

Saiba mais detalhes e todas as novidades dos famosos nos seguindo no Instagram. Clique AQUI!