Anitta defende Ludmilla após ‘rival’ sofrer crime: “Inaceitável”

0

Boa! Anitta mostrou que independente de qualquer desavença profissional ou pessoal que exista entre ela e Ludmilla, nunca deixará um crime passar batido. Nas redes sociais, a poderosa saiu em defesa de Ludmilla depois de um ato racista envolvendo a cantora, que aconteceu na última terça-feira (29), durante o Prêmio Multishow.

Lud, que levou os troféus de Melhor Cantora e Música Chiclete do Ano, relatou ter sido alvo de racismo durante a cerimônia. Um vídeo publicado nas redes sociais da cantora mostra o momento em que ela desce do palco da premiação, e, segundo ela, “alguém me chama de macaca no vídeo, mas não sabemos quem foi a pessoa exatamente“.

“Cara, até quando isso? Olha, as coisas, pra mim, e eu acho que pra maioria dos brasileiros, nunca foram fáceis. E com preconceito e julgamentos pelo tom de pele, vocês só complicam as coisas”, disse Lud. “Eu só queria deixar bem claro para vocês, racistas, que além da Justiça ser lenta, aqui as pessoas que praticam racismo comigo ainda não terem sido punidas, isso não significa que a cobrança nunca vai chegar, ou que ela está longe disso”, declarou.

No seu Twitter, na madrugada de sexta-feira (1), Anitta fez dois posts referentes ao caso com a cantora e parceira na canção Onda Diferente. “Inaceitável que alguém possa se achar no direito de chamar um negro de macaco ou tentar reduzi-lo como um ser humano inferior. Melhorem. Isso é crime e absolutamente abominável”, postou Anitta.

Leia também: ‘Prêmio Multishow’: Climão entre Anitta e Ludmilla, vaias do público e choro de Lud

Em seguida, ela fez outra publicação condenando a atitude racista. “Inacreditável uma pessoa receber visibilidade pública em TV aberta para dizer que alguém deveria tomar um remédio e dormir para sempre. As pessoas precisam urgente de senso e de responsabilidade.”

Confira os prints e vídeo aqui:

Saiba de todos os babados dos famosos nos seguido no Instagram. Só clicar AQUI!