Diego Hypólito é ‘humilhado’ ao vivo em festa gay após postar foto com Bolsonaro. Vídeo!

7

O ginasta Diego Hypólito postou recentemente uma foto ao lado do atual presidente Jair Bolsonaro, e também cantou músicas evangélicas ao lado da primeira dama Michele Bolsonaro, o que causou muita revolta no meio GLBT, pois segundo os ativistas do movimento era inaceitável uma pessoa como o Diego estar apoiando um presidente assumidamente homofóbico, segundo eles.

(Foto: Reprodução)

Após a foto com o atual presidente, o ginasta deu diversas declarações e desabafos e disse que nunca foi tão xingado em toda sua vida “Venho aqui agradecer aos meus amigos pelas mensagens de carinho, estou surpreso, nunca fui tão xingado em toda a minha vida, nem quando eu falhei em Pequim ou em Londres [Olimpíadas]. Eu tenho a dizer que a gente combate o ódio com o amor. É difícil escutar tantos xingamentos pesados de pessoas que nem me conhecem” disse ele.

“Não mudei absolutamente nada da minha vida em questão de uma foto. Muito pelo contrário. Estou muito preocupado com o esporte, com vidas, preocupado que aquilo tudo que eu passei na minha carreira, em que muitas vezes não tinha nem o que comer dentro de casa, outras pessoas não passem” continuou dizendo.

Logo após todo este acontecimento polêmico, Diego resolveu participar de uma festa famosa que acontece em São Paulo conhecida como “Gambiarra”, que é destinada ao público GLS, e ao chegar nessa festa, subiu no palco ao lado da DJ, mas parece que o público não gostou muito da sua presença por lá e resolveu mostrar que ele não era bem vindo, confira a reação do público na pista de dança

Os comentários e as críticas continuaram e logo após o vídeo ser publicado muita gente ainda crucificou Diego dizendo: “uai, não é hetero e bolsominion? vai pra balada hetero topzera então gata!” disse um internauta “cara, que vergonha alheia, ele sendo gay e assumindo um presidente assumidamente homofóbico que nitidamente nos persegue.. ridículo” seguiu dizendo outro seguidor.

Diego ainda não deu nenhuma declaração sobre o que aconteceu nessa festa, mas antes disso ele deixou bem claro que não seguia nenhuma ideologia e que não era de direita e que não estava do lado de ninguém, mas somente de Deus “Não sou de esquerda nem de direita. Sou deu Deus. Sou cheio de erros e defeitos e estou muito preocupado com o esporte no Brasil. Em mina vida, serei muito julgado, eu sei, mas devemos viver e tentar ajudar mais pessoas” disse ele anteriormente.

Isso ainda vai dar muito pano pra manga viu?! Babado!