“Muito mimimi” diz Lucas sobre feminismo e machismo e acaba irritando Hariany

0

Hoje depois do almoço o modelo Lucas bateu um papo com seus amigos sobre o programa anterior que ele participou na MTV, e em meio ao assunto também surgiram temas polêmicos como o feminismo e o machismo.

(Foto: Reprodução)

Sobre a sua participação no programa Are You The One, ele fez um comentário a respeito:

“Foi um baque. E tipo, a galera toda ficou revoltada, porque viram que a menina distorcia, que o cara era chato e se metia em tudo e a história do ‘p* e p***’, aquela coisa toda, viram que não foi de maldade, eu não sabia me expressar. Eu vim de criação tradicional, não tenho vergonha de dizer isso” disse ele. Hoje se eu cometer um erro sobre isso já é burrice, porque eu moro em São Paulo há dois anos e já aprendi muita coisa sobre machismo, mas lá na época eu não tinha conhecimento nenhum. Hoje se a menina pega um, dois, três caras, ela é solteira, ela tem direito igual nós” continuou dizendo.Mas uma coisa eu tenho que falar, por mais que eu aprendi e estou aprendendo ainda, tem umas coisas que é muito mimimi. Por exemplo, às vezes a prova é pesada, tem que subir corda, sei lá, eu falo: ‘Thayse deixa eu ir, eu acho que dou mais conta’ e tem mulher que já levanta indignada perguntando o porque, mas é tudo uma questão de cavalheirismo.”

Thaysse depois de escutar tudo que ele disse resolveu rebater:

“Depende da mulher que você vai falar. Se você falar isso para mim eu digo que aguento, pois eu faço treinamento com corda” disse ela.

E Lucas continuou dizendo:

“Eu sei, mas tudo é feminismo. Não cara, é questão de cavalheirismo. Às vezes tem muito mimimi, não é só feminismo ou machismo, para os dois lados tem muito mimimi”

(Foto: Reprodução)

Um tempo depois de toda essa discussão, a ex BBB Hariany resolveu conversar sobre o que o Lucas havia falado e chegou em uma conclusão: “Ao mesmo tempo que eu gosto do Lucas, por outro lado eu quero matar ele pelas coisas que ele fala.”

“Calma, ele ainda precisa estudar um pouquinho sobre o feminismo.” respondeu Sabrina.