Garotos vão a delegacia após vizinha tomar bola e história tem o melhor desfecho

0

Um caso inusitado precisou ser resolvido pela Polícia Civil do Maranhão na última quinta-feira (9/01). De acordo com informações do site BHAZ, cinco crianças procuraram o delegado da cidade de Presidente Dutra para reclamar que tiveram a bola recolhida por uma vizinha enquanto jogavam futebol na rua.

A confusão teria começado após as crianças acertarem uma bolada no portão da mulher, que acabou recolhendo a bola. Sem poder continuar a brincadeira, os garotos, com idades entre 7 e 8 anos, foram até a delegacia cobrar da polícia uma resolução para o caso.

Ainda segundo o site, o delegado César Filho, contou que ficou surpreso com a chegada dos meninos. “Ontem, por volta das 16h, esses garotos chegaram aqui na delegacia pedindo para falar comigo. Como eram cinco crianças, eu achei estranho e pedi para que entrassem. Eles vieram reclamar da vizinha que havia pegado a bola deles após uma bolada no portão. É uma situação simples, mas inusitada pela forma como eles encontraram para resolver”, conta o policial.

Ainda de acordo com César, ao relatar como era a bola – “velha e murcha” -, a humildade dos garotos fez com que outros policiais da unidade se mobilizassem para ajudar os meninos.

Os policiais compraram uma nova bola pra os garotos. “Ficamos muito felizes pelas crianças confiarem na gente. É um exemplo de que a polícia não é bicho, estamos aqui para ajudar a todos, independente da situação”, diz.

Além de dar uma nova bola aos meninos, o delegado enviou um investigador até a casa da mulher para intimá-la. O policia explicou que ela não deveria mais pegar a bola dos meninos, pois poderia responder criminalmente.

“A mulher não é uma pessoa ruim, nem fez isso por mal. Ela apenas se sentiu incomodada com as boladas no portão. Mas, caso ela pegue novamente a bola dos garotos, ela pode responder por apropriação indébita ou furto”, explica César. O delegado diz ainda que orientou os meninos a tomarem cuidado.

A página da Polícia Civil local publicou uma foto do delegado ao lado dos garotos. A publicação viralizou e já conta com mais de seis mil reações e centenas de comentários. “Quando as crianças entenderem, sentirem que a polícia deve ser amiga e não inimiga, teremos mais chances de mudar as coisas também”, escreveu uma usuária.