Cabeleireira diz que brancos sofrem racismo e que Trump deveria jogar uma bomba em manifestantes e gera revolta. Vídeo!

0

Uma cabeleireira virou um dos assuntos mais comentados no dia de ontem logo após gravar um vídeo extremamente polêmico sobre racismo reverso, dizendo vários absurdos e falas que chocaram a muitos usuários do instagram.

Marisol Motta, de 22 anos publicou uma série de vídeos nos seus stories no instaram diminuindo toda luta que acontece nos Estados Unidos devido a morte de George Floyd, dizendo que se ele fosse branco com certeza não aconteceria tudo isso.

Os vídeos chocaram a muitos usuários e a cabeleireira teve que trancar o seu perfil na rede social, devido a diversos ataques que sofreu após postar sua “opinião” velada em forma de preconceito, ela chegou a dizer que os negros reclamam de “barriga cheia”, pois se fosse na época de Hitler ninguém estaria vivo para contar história, então eles teriam que agradecer, afinal até Obama que é negro já chegou a ser presidente. (BIZARRO ter que ouvir isso, mas é real)

“Se o cara que tivesse morrido fosse branco, será que ia acontecer tudo isso? Será que são só os brancos que são preconceituosos ou os negros também são? Os negros falarem mal dos brancos é preconceito também. Eu acho que vocês reclamam de barriga cheia. Imagina se fosse na época do Hitler? Será que ia ter alguém vivo? No Brasil principalmente, porque aqui é tudo mestiço. Ninguém é branco 100% e ninguém é preto 100%. Tudo misturado”, disse ela em seus vídeos, indignada.

“Vocês ficam falando, ‘ai, negro é maltratado’, gente, o Barack Obama era o que? O cara era presidente. Provavelmente, ele estudou muito para chegar onde chegou. Ele virou presidente, ele é rico. Ele é um negro legal cara, não é porque ele é preto que ele vai ser uma pessoa ruim”, seguiu dizendo a cabeleireira.

Nos vídeos, ela também enaltece o presidente americano Donald Trump e diz que ele deveria jogar uma bomba nos manifestantes negros que lutam pelos seus direitos nos Estados Unidos “Eu odiava o Trump, agora eu amo o Trump” complementou Marisol.

Respire fundo, conte até 5, prepare seu estômago e confira