Major do exército se assume trans e acorda sendo bombardeado na web

0

Para muitas pessoas assumir a sua orientação e expressar para sociedade quem você é, pode se tornar uma tarefa muito difícil, devido ao trabalho, ao preconceito, aos ataques e a uma sociedade que se preocupa mais com a felicidade dos outros do que com a sua própria.

(Foto: Reprodução-JornalExtra)

O major do exército que antes se chamava Seixas fez a sua transição de gênero e hoje se chama Renata Gracin e sente muito orgulho da mulher que ela se tornou, mas essa semana não foi muito boa para ela, logo após acordar e ver seu nome sendo chacota em grupos de Whatsapp: “Hoje acordei com minhas redes sociais lotadas de notificações. O dia que eu sabia que iria chegar, chegou! Estou sendo exposta em grupos de WhatsApp do Brasil todo, o que não me abala. Sou uma lutadora da causa LGBTQI+ e defensora dos direitos humanos. Sou Major do Exército Brasileiro e agora minha luta continua…”, desabafou Renata em seu facebook.

Nos comentários muitas pessoas manifestaram apoio e agradeceram a Renata por dar sua cara a tapa e ter tanto poder de representatividade, e palavras de conforto não faltaram, afinal, a pessoa não esta fazendo mal a ninguém em buscar a sua felicidade, não sei por qual motivo isso incomoda a tanta gente em pleno século 21.

Toda confusão começou pois Renata não deu baixa no exército e se formou em 2004 quando se chamava Seixas, hoje em dia após a transição ela continua com o seu cargo, e onde ela se formou não existe oficiais femininos, o que provocou grave reação de revolta dos outros oficiais e de vários militares. (como a heterossexualidade é frágil, né?)

Força, Renata! ♥