Skip to main content

Filhos de Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank sofrem racismo e ela parte pra cima da mulher

Filhos do casal Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank sofrem racismo em Portugal após irem a um restaurante, uma senhora que estava no local queria que as crianças saíssem por conta da cor e ainda fez uma série de ofensas.
Publicidade

Filhos de Bruno Gagliasso sofreram racismo em Portugal, a notícia viralizou na tarde deste sábado após os vídeos de Giovanna partindo pra cima da agressora viralizarem nas redes sociais.

Filhos de Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank sofrem racismo e ela parte pra cima da mulher
Filhos de Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank sofrem racismo e ela parte pra cima da mulher

No vídeo, Gio aparece discutindo com uma mulher e visivelmente alterada ela repete para criminosa: “Sabe o que você merece?! Você merece é um soco nessa sua cara! Racista nojenta!”, segundo fontes que estavam no local, toda discussão teria começado quando a mulher ofendeu os filhos dos brasileiros, dizendo que deveriam retirar aqueles “pretos imundos” do local.

Filhos de Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank sofrem racismo em Portugal e ela parte pra cima da criminosa

View this post on Instagram

A post shared by CHOQUEI (@choquei)

Segundo fontes que estavam no local, imediatamente Gio teria cuspido no rosto da mulher, após escutar as ofensas e partiu pra cima, dizendo poucas e boas, repleta de revolta com a atitude.

Em nota, a assessoria do casal disse o seguinte:

“Comunicamos que os filhos do casal Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso foram vítimas de racismo no restaurante Clássico Beach Club, na Costa da Caparica, em Portugal, neste sábado, dia 30 de julho, onde a família passa férias. Uma mulher branca, que passava na frente do restaurante, xingou, deliberadamente, não só Títi e Bless, mas também a uma família de turistas Angolanos que estavam no local – cerca de 15 pessoas negras. A criminosa pedia que eles saíssem do restaurante e voltassem para a África, entre outras absurdos proferidos às crianças, tais quais “pretos imundos”.

Confirmamos, conforme vídeos que já circulam no Brasil, que Giovanna reagiu e enfrentou a mulher, enquanto Bruno Gagliasso, seu marido, chamou a polícia. A mulher foi levada escoltada e presa.

Informamos ainda que Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank prestarão queixa contra a racista formalmente na delegacia portuguesa.

A Trigo Casa de Comunicação lamenta as agressões sofridas por Títi, Bless e os turistas angolanos e apoia integralmente as ações tomadas por Giovanna e Bruno. Racismo é crime”.

Prisão da racista

Giovanna Ewbank (@gioewbank) e Bruno Gagliasso (@brunogagliasso) denunciaram mulher racista que atacou seus filhos Títi e Bless e também a uma família de turistas Angolanos que estavam no local. A mulher foi escoltada e presa.

O crime aconteceu no restaurante Clássico Beach Club, na Costa da Caparica, em Portugal, neste sábado, dia 30 de julho, local onde a família passa férias.

Segundo nota divulgada pelo perfil de Giovanna “A criminosa pedia que eles saíssem do restaurante e voltassem para a África, entre outras absurdos proferidos às crianças, tais quais ‘pretos imundos’”.

Em reação, Giovanna enfrentou a mulher, enquanto Bruno Gagliasso chamou a polícia. O casal informou que prestará queixa contra a racista formalmente na delegacia portuguesa.

View this post on Instagram

A post shared by Mídia NINJA (@midianinja)

VEJA TAMBÉM: Maíra Cardi se revolta com Paulo André e da sua cartada final com provas