Skip to main content

Piloto relata aparição de óvnis para cabine de controladores de torre, que também visualizam objeto

Pilotos de várias companhias aéreas e passageiros de voos para Porto Alegre relataram ontem a presença de objetos estranhos sobrevoando os aviões (óvnis), até a companhia Azul e as Forças Armadas se manifestaram sobre o caso.
Publicidade

Um piloto da companhia TAM que fez o voo TAM3406 relatou para os passageiros e sua cabine a aparição de objetos estranhos no céu, segundo ele os objetos ficaram imóveis e tinham bastante luz. Em seguida, um piloto da companhia Azul também relatou o mesmo caso para seus controladores de bordo, e todos que estavam no avião avistaram o objeto também.

Piloto relata aparição de óvnis para cabine de controladores de torre, que também visualizam objeto
(Foto: Reprodução/Instagram)

Os militares foram acionados e informaram que um caça F5 da Força Aérea Brasileira decolou há pouco de uma base aérea próxima de Porto Alegre para uma ação de reconhecimento e defesa do espaço aéreo, e pode ser por conta disso. É o segundo dia seguido deste tipo de relato, vindo de pilotos de companhias diferentes.

Piloto relata aparição de óvnis durante voo em Porto Alegre, confira o vídeo

Alguns passageiros relataram o que passaram estando dentro dos voos: “Demorou um pouco para o avião pousar e, normalmente, o piloto dá aquelas boas-vindas, mas desta vez não falou nada. No momento em que pousou, o piloto pediu desculpas porque haviam visto objetos não identificados. Ele falou que eram vários, no sentido da Lagoa dos Patos”, disse Eduardo Corrêa da Silva, de 48 anos, que trabalha como empresário e estava a bordo.

Ele ainda comentou que durante um voo aconteceram coisas bem esquisitas, como em um determinado momento em que todos os comissários de bordo foram chamados juntos para uma “reunião” dentro do avião dentro da cabine do próprio piloto: “Foi comentado pelo piloto que vários outros voos haviam visto a mesma coisa. Quando eu saí do avião perguntei para o comissário de bordo se ele tinha visto. Ele disse que sim e que eram vários objetos“, disse ele, explicando que todos os passageiros na hora descartaram a possibilidade de que fossem drones pela altitude em que estava a aeronave.

Bruna Silva Porto, de 30 anos, que é administradora e também estava na aeronave, relatou para o site gauchazh o seu relato sobre o momento de tensão que passou: “Depois que nós pousamos, antes de a tripulação liberar os passageiros para pegarem as malas, o piloto pediu desculpas por não ter falado conosco antes do pouso. Porque eles teriam reportado objetos voadores não identificados e estariam relatando para a torre de controle naquele momento”, conta ela.

A companhia Azul se comunicou pelas redes sociais sobre o acontecimento e disse o seguinte

A Azul informa que não tem ciência dos fatos e ressalta que seus tripulantes seguem os mais rigorosos protocolos de segurança e que, qualquer eventualidade, é comunicada imediatamente ao controle de tráfego aéreo e segue para investigação das autoridades competentes.” 

MEDO!

VEJA TAMBÉM: Pensando em desistir? Depois de tantas críticas, Jade Picon finalmente se pronuncia sobre o que fará em sua carreira como atriz. Confira o vídeo!